terça-feira, 10 de junho de 2008

Curtinhas



* Quando certas pessoas mentem, conseguem ficar ainda mais patéticas do que o habitual...

* Esta semana, o vizinho de cima, que inferniza meu sono há quase três anos com o seu eterno arrastar de móveis, me chamou de louca, disse que o barulho não vinha da casa dele. Deu vontade de dizer: louca é a senhora, Alcéia, tia de Meméia. Não disse porque sei manter o nível de uma discussão, por mais espinhosa que ela seja. Relevo porque praga de múmia de faraó é poderosa. Mas se eu pudesse, matava com requintes de crueldade.

* É maior que eu: completamente atacada mode [ON]. Dia 12 a vida segue normal, pelo sim, pelo não.

* Francisco não volta mais. Nosso abaixo-assinado funcionou, mas ele não quis mais voltar, alegou que o ambiente (leia-se síndica) ficaria tenso. Saiu por cima e com todo o meu respeito.

* Quando perdemos pessoas que amamos para a morte, o vazio e a dor são insuportáveis no início. Mas depois que o tempo passa - e nisso o quando é muito relativo -, já não nos sentimos mais tão sozinhos porque as lembranças se tornam quase físicas: viram presença, confortam nas horas difíceis mesmo quando chegam acompanhadas de uma saudade que jurávamos impossível de se repetir.

* Infelizmente não vou poder ir amanhã à Ilha do Retiro para ver a final da Copa do Brasil por incompetência do meu amado primo motivo de força maior.

* Diálogo que reflete a impossibilidade do sujeito de agir em conformidade com os princípios da psicologia infantil:

Eu: Mariana, quando você terminar, arrume essa bagunça.
Ela: Mãe, de quem é este quarto?
Eu, já sabendo o que viria: Seu.
Ela: Quem manda nestes brinquedos?
Eu, impaciente: Você.
Ela: Então não vou arrumar nada!
Eu: Vai, sim!
Ela: Por quê?
Eu: Porque quem manda aqui sou eu!

Alguém saberia outro modo de dar a questão por encerrada sem estar contribuindo para a formação de um ser sem lei e sem ordem?

6 comentários:

Nei Ken iti disse...

God! A tua filhinha anda lendo Bakunin??

Mani disse...

A minha caçula quando mandei tomar banho, ela ainda uma titica de uns tres aninhos, me disse que quem mandava no mundo era JESUS!!! Eu olhei pra aquela crente mirim, e disse: Concordo, mas em voce quem manda SOU EU!!! Ela tomou banho, inconformada com a injustiça...

Kenia Mello disse...

Nei, vou dar um baculejo debaixo do colchão da criatura pra ver o que é que eu acho. :D

Mani, a cara de revolta delas é tão sincera que a gente até se questiona. Hehehe

Lilás disse...

Hehe, esses anjinhos são, na verdade, tiraninhos!
Duro neles, senão pior prá nós.
bjks

João Eurico disse...

esses posts econömicos tão virando mania. O blogspot cobra por post ?

* Para mentir é preciso ter uma excelente memória. Chega a ser engraçado quando um mentiroso se enrola todo quando a mentira emerge.


* Grava o barulho dela e coloca no youtube. Depois manda o link para ela ver.

* "É maior que eu: completamente atacada mode [ON]. Dia 12 a vida segue normal, pelo sim, pelo não." Dá para desenhar ?

* Defina "Francisco"

* Bela mensagem sobre perdas e lembranças. Parabens. Vou usar a dica quando alguém que eu amo for embora. Por enquanto ainda não aconteceu. Tive sorte ? ou não ?


* Parabens pela vitória do Sport. Eu estava em Goiania, GO (ainda bem). Mesmo assim teve zuada ! Fogos de artifício em quantidade tal que eu acordei a noite pensando que o Curintchia tinha ganho. Nunca imaginei que tinha tanto torcedor do Sport em terras goianas. Ou tanto torcedor anti-corinthians

* Parabens pela filhote. Tá boa de discussão e argumento. Aprendeu com quem, fico a imaginar. Esse seu argumento do "quem manda sou eu" foi meio fraquinho. Vc é capaz de algo melhor. Recomendo tirar uma foto da bagunça e outra do quarto arrumadinho e mostrar para ela depois em momento de calma. Lembre-se que além da bagunça em si o que Mariana estava fazendo era testar o limite de quem de fato manda no quarto dela. Acho muito bom que quem mande no quarto dela seja ELA e não você.

Kenia Mello disse...

Vamos lá:

* Detesto gente mentirosa. E quando tenta me fazer de idiota, pior ainda.

* Não é o barulho dela, é dele. Ao invés do Youtube, o negócio é contar com uma testemunha de carne e osso que confirme o ocorrido. O vídeo não tem GPS que confirme a procedência do barulho.

* Não sei desenhar, mas dia 12 é o dia que sucede o dia 11, certo? Dia 11 era o dia do jogo da final da Copa Brasil, certo? Captô?

* Francisco = "Do italiano Francesco, 'francês'. Nome muito popular universalmente, resultando em inúmeras variações, como, por exemplo: Paco, forma popular do nome, utilizada na Espanha, através da oclusão de Pacus, contração de Phranciscus (con corrente com o antigo ibero Pacciaecus, que originou Pacheco); Pancho; Francis e Chico (forma familiar do nome em português)..." O Livro dos Nomes, Regina Obata.

* Acho que você teve sorte porque quando acontecer, talvez você tenha a maturidade que eu não tive, aos 14 anos, para aceitar com mais serenidade.

* Eu também costumo ser criativa nas soluções dos impasses, negocio, dou sugestões e tudo mais. Mas chega uma hora, fio, que a paciência acaba e ficar no bate-boca só desmoraliza.
É ordem direta, objetiva e clara. Não obedeceu, é castigo mesmo (não educamos batendo). E é claro que no quarto dela quem manda é ela! O que não quer dizer que deva virar uma zona porque é justamente nesse espaço que ela está aprendendo a cuidar do que é seu.