quarta-feira, 25 de junho de 2008

Unplugged



Quatro dias com o celular sem sinal, sem internet, sem TV a cabo, sem o barulho da cidade. Voltar ao ritmo agora está meio difícil, mas bicho urbano que sou, logo, logo reaprendo a não viver sem eles.

A sede da fazenda:





A casa-grande:








O interior da casa-grande:











A casa de lazer (antigo estábulo):







7 comentários:

Lilás disse...

Ai que delícia!
Amo estes lugares, são neles que a gente pode relembrar nossos ancestrais e abraçar a natureza que, generosamente, nos espera.
Aproveitem bem.
beijos

Kenia Mello disse...

Oi, Lilás.
Na verdade, voltamos ontem à noite, depois de quatro dias.
Ficamos hospedados na casa do post abaixo, mas passávamos o dia inteiro na casa-grande, na verdade, a festa era toda na casa de lazer, íamos pra casa só pra dormir. :)

Beijos.

Anônimo disse...

Que lugar lindo Mme!!!

Nei Ken iti disse...

Nada como s rotina pra gente poder curtir uma fazenda.

Benvindos.

Bárbara M.P. disse...

Eu quero uma casa no campo...

Pernambucobebendoparaomundo disse...

Um lugar desses deve produzir um estado de letargia pra curar qualquer workaholic...

A palavrinha é lxnmtj...

Anônimo disse...

Menina do céu!
Meio atrasadinha no comentário, mas valeu pelas fotos! Amei!!!
Só um lugar assim por uns 4 dias ( no máximo, pois tb sou urbanésima rsss) pra reabastecer a gente em todos os sentidos!
bjão
R.