segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Porque hoje é o dia do comerciário



E eu toda animada pra ir cortar o cabelo. Ai, ai... Dia do comerciário. Cabelón continua firme e forte. Aliás, tenho a impressão que ele é um ser além de mim, um parasita, sabem? Porque toda vez que eu invento de cortar ou ele acorda lindo e sedoso, ou a menina que corta está viajando/doente/de folga. Ou é dia do comerciário.

Ontem a cidade do Recife ficou em pé de guerra antes, durante e depois do jogo. Tá certo que eu gosto de confusão, mas a violência que se tem visto assusta. A puliça desce o sarrafo, leva sarrafo e a coisa continua de mal a pior. Falta de civilidade. Futebol, que deveria ser paixão e gréia, virou caso de segurança pública. E disseram que na hora da execução do hino nacional (obrigatória, talvez aí esteja o problema), o time do Náutico estava se aquecendo, o do Sport idem e ninguém ouviu nada. Uma lástima. Eu, que se me concentro um pouco choro quando ouço o hino nacional (e Asa Branca também e O Menino da Porteira também), fiquei indignada.

Acabaram de me mandar um arquivo de quase 9 MB. Não vou nem olhar o remetente pra não ter pena na hora de bloquear a criatura.

Falando em aceitar ou não, gente, não é má vontade, mas não mandem convite de Sonico, Hi5 e afins porque eu não dou conta. Às vezes eu até me empolgo e preencho perfil, mas não dá, vou apagar tudo. Mal uso o Orkut.

Semana passada, adivinhem quem fez esteira do meu ladinho? Dou um doce a quem errar. Sim, ele, o próprio, o amado Vizinho de Cima, que parece estar pretendendo se chegar. Já que eu não tenho barba, cabelón de molho!

E hoje é o aniversário da melhor amiga de todos os tempos. A mais sensacional de todas, a que mora longe, a que fumava Arizona comigo no muro do colégio, a que nem gosta de tomar uma, a que fez uma festona pra comemorar os 40 e eu estava lá, no telão, já que não pude ir. E como poderia ser diferente?

Parabéns, Nana.

7 comentários:

Kaká disse...

e eu só me dei conta que é dia do comerciário agora lendo esse post. thanks!

Anônimo disse...

e o q é q vc tem a ver com comerciário,menina?rsrsrsrs
Parabéns pra sua amiga,deixe o cabelo crescer de novo e fique amiga do VC,talvez ele pare de perturbar seu sono.Se não pode com o inimigo,junte-se a ele.rsrsrs

Bjos e []s

Ivette Góis

Pernambucobebendoparaomundo disse...

Juro que pensei naqueles filmes que tem uma corrida, os caras estão emparelhados, e um dos dois trava/quebra a roda do carro/moto/biga/carroça e o cara do lado vai para no inferno... Será que isso seria possível numa esteira de academina???? :D

lfxpoe

Beth/Lilás disse...

Ih, eu também ia me dar mal hoje se fosse na rua à tarde. Tá tudo fechado no comércio e eu nem lembrava.
Quanto à violência aí, vejo que é igual aqui no sudeste e do jeito que a coisa tá, juro nem me importaria de ficar como em Bogotá, com as forças armadas em todos os lugares. A coisa tá braba e crescendo, já que as leis são fracas e ainda por cima não são aplicadas.
Veja o que aconteceu em S.André e a mídia dando espaço pro bandido.
Coisa de loco!

Também não abro pps com mais de 2.0
nem a pau! Não tenho pacênça!
Nem aceito mais nada da net.
bjs cariocas

Anônimo disse...

Tb ia entrando hj no estacionamento do bompreço e fui barrada pela corrente rsss
Qto a sonico,raifaiv e tal, eu cheguei à conclusão que não são as pessoas q mandam não, pois euzinha já recebi comunicado assim: fulaninho aceitou seu convite e tal... e eu mandei convite?! q convite? afe!o povo mentindo com meu nome :P
Mas o bom de tudo isso é que a gente mete um tal de "excluir" em cima e tá tudo resolvido.
Luís meu irmão, é mestre em excluir meus textos, mas com tanta frequência, que qdo tem um muito comentando, ou q alguém pede pra ele imprimir, etc, ele corre pra ver se ainda tá pelo menos lá no "excluídos" pra recuperar rssss.
Normal:)
bj
R.

Erando disse...

Raspa esse teu cabelón feión!
Pq não escreves uma blognovela: "Eu e meu querido vizinho"?

Kenia Mello disse...

Primo, eu pelo menos tenho cabelo que raspe. Já certas pessoas... Hehehe