quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Tempo, tempo, tempo...



Sempre ele. O que cura tudo.




8 comentários:

Nei Ken iti Schimada disse...

O Tempo que Caetano cita na cancao e' uma arvore imensa e linda que tem no terreiro de Menininha do Gantois.
Vi num documentario-show.

Lilás/Beth disse...

Kenia,
Você está bem?
um abraço

Kenia Mello disse...

Nei, será que é um baobá? Ele pode viver por mais de dois mil anos...
Beijo.

Beth, estou sim, estou não, estou sim, estou não, estou sim, estou não, estou sim, estou não, estou sim, estou não, estou sim, estou não, estou sim, estou não.
Entende? Hehehe
Beijo.

Lilás/Beth disse...

hehehe
Já percebi!
Isso passa.
bjs

Anônimo disse...

Linda canção...
E sem desconsider a idéia metafórica do grande poeta, é bom lembrar que quem cura não é o tempo, mas O Senhor do tempo... e no tempo Dele!
bj
R.

Anônimo disse...

ops, sem desconsidERAR
BJ.
R.

Repórter Bacurau disse...

O tempo cura, mas, às vezes, mata o doente também... hehehe

Nei Ken iti Schimada disse...

Baobazissimo!