terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Gente truqueira



Não suporto gente que faz tipo, que finge ser algo que não é em troca de atenção ou qualquer pretensa vantagem. Como dizem as bees, gente truqueira é uó. E geralmente esse povo tem opinião sobre tudo, sempre a mais politizada, a mais embasada, a mais centrada e inusitada. Detesto gente que se acha boa o suficiente para dissertar sobre os rumos da humanidade, a crise econômica mundial, o direito do ser humano à felicidade mediante a derrocada da sociedade burguesa, bem como a inserção das minorias no mundo cuja maior lei é a da selva. Tudo isso explanado com uma arrogância disfarçada em tons que oscilam entre o professoral e o condescendente. Ô povinho rançoso!

Sabem por que detesto essa gente? Porque são uns babacas. Escrevem certas merdas de dedo em riste simplesmente porque estão defendendo o seu, ora. Preferem, por exemplo, apontar a ditadura da magreza e como as pessoas gordas são oprimidas simplesmente para diminuir a frustração por estarem gordas, sentirem-se mal, mas preferirem ficar com a bunda na cadeira por horas a fio ao invés de mexer o corpo e comer de maneira mais saudável e comedida. Não tenho nada contra quem elege um estilo de vida sedentário e desfruta da comida como se não houvesse amanhã, entendam. Só não me venham com essas baboseiras politicamente corretas porque a mim não enganam. Assumam-se como são e não encham o saco. E antes que alguém venha reclamar que tem gente que é gordo porque tem distúrbios hormonais etc. etc., aviso que estou dando um exemplo do que é advogar em causa própria e também que não sou tão imbecil a ponto de ignorar esses casos. Falo, repito, de gente que prefere abrir seita de minoria para se sentir menos infeliz, para poder viver com menos culpa os prazeres que nem são os que ela quer de verdade.

E se vocês prestarem bem atenção nessas criaturas, verão que geralmente são falsas de marré de si. Pessoas que se colocam muito acima dos outros e que apenas respeitam quem elas acham que lhe são superiores. E não sossegam enquanto não provam a si mesmas e aos outros (melhor ainda) que o seu objeto de fascínio tem alguma falha, de preferência intelectual, assim elas podem reinar soberanas. É uma necessidade de auto-afirmação que comove. É um sentimento de inferioridade que dá pena. Mas eu não tenho pena, não, e nem dou guarida. Porque essas pessoas só são como são porque quem as rodeia prefere o não-enfrentamento. Prefere passar a mão na cabeça. Prefere continuar sendo abusado moral e psicologicamente. Porque nessa relação não existe coitadinho, meus amigos, cada um leva os seus trocados.

Então, Exu, vai baixar em outra freguesia porque aqui você não encontrará casa, comida e nem roupa passada. O máximo que posso te oferecer é uma passagem só de ida pra puta que te pariu.

Este post é dedicado a quem a carapuça servir.

10 comentários:

Anônimo disse...

ela voltou com a macaca!rsrsrs
E detesto esse tipo de gente presunçosa tb,o discurso delas é sempre muito conveniente...

Bjos e []s

Ivette Góis

jose luis disse...

nessa nao vou nem me meter
nao quero confusao pro meu lado

Patricia Daltro disse...

Vou fazer que nem o José Luis, ficar quieta, antes que sobre para mim! kkkkk
Também detesto gente assim, nem sempre com a intensidade do seu ódio! kkkkkkkkkk

Fatima disse...

Vichi Maria... vou ficar de bico calado, também acordei com a macaca!

Anônimo disse...

Eu só sei que nada sei.
E agora, menos ainda!
bj
R.

Beth/Lilás disse...

kkkkkk
Adorei o 'grand finale'!
bjs cariocas

Kenia Mello disse...

Amores, estou a própria fofolete do Bebê de Rosemary, não? Hehehe

silvania lessa disse...

Kenia, eu diria que vc está o próprio bebê de Rosemary! :-)
Adorei o termo truqueira, é bem a cara de muita gente q conheço. ;-)

Repórter Bacurau disse...

Eita que baixou o santo de Ana Maria Praga nela! Huahuahuahauaua

Só faltou dizer "seria bom que você desaparecesse da face da Terra",,,

Marco Y disse...

Só uma dúvida... esta passagem que vc oferece é e-ticket ou precisa retirar em alguma produtora de rádio? E se for para retirar pessoalmente precisa levar o RG?

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk