terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Bicho de pé






Adoro sandália rasteira e chinelo de dedo bem transadinho. Acho um charme e neste nosso verãozão é tudo de bom. Mas vamos combinar que há de haver o mínimo de distinção para usá-los, não? Arrastar chinelo é coisa de gente sem aprumo e elegância. Nem a minha avó, que faleceu aos 86 anos, arrastava chinelos pela casa. Definitivamente, os tempos são outros...

8 comentários:

Anônimo disse...

e bater tamanco então?Acho irritantíssimo!Aliás,barulho de maneira eral me irita.Coisa de velho mesmo.rsrsrs

Bjos e []s

Ivette Góis

Anônimo disse...

ai,saí engolindo letras.

Ivette

Giovanni Gouveia disse...

Fazer "clap clap" pode?

vou não...


distsu

Kenia Mello disse...

Ivette, quando criança eu não era gente, viu? Na casa da minha avó tinha um corredor imenso, daí eu calçava o meu par e ficava, como você diz, batendo tamanco corredor acima e abaixo. Minha avó ficava danada da vida. Hehehe
Beijos.

Gio, você vai ficar uma gracinha de tamanco, pintura. :P

silvania lessa disse...

Eu sou apaixonada por sapatos de todos os tipos! E as rasteirinhas tem o seu charme mesmo, mas tem que saber usar, arrastar não tá com nada! ;-)

Beth/Lilás disse...

E o pior é que já vi homem arrastando o pé atrás noutro dia num supermercado.
Odiento!

Anônimo disse...

Coincidência...
Ainda ontem, no supermercado, eu abordei Cínthia (minha sobrinha de 8 anos de idade) que displicentemente arrastava sua sandália- com a seguinte pergunta:
- vc sabia que qdo eu era da tua idade era o que mais tua vó reclamava?
bj
R.

Lúcia Soares disse...

Gostei da sandália! Muito linda. Sempre gostei de andar com elas e agora é minha melhor opção, devido a um problema num dos joelhos.Mas até elas andam caras, heim? Uma bonita assim, aqui em BH, pode ir de 60 a mais de 100,00! Antes eram baratas, agora viraram ícone do verão e dá-lhe preço alto!