quinta-feira, 19 de março de 2009

Com a palavra, Sua Santidade...




Camisinhas agravam epidemia da Aids.

12 comentários:

DJ disse...

E o multipartidarismo atenta contra a estabilidade política e social...

Beijos

Anônimo disse...

O interessante da charge, é que além de humor inteligente, se consegue passar mensagem tão contundente quanto a expressão literária mais eloqüente!
bj
R.

Paola disse...

Meelhor nem comentar!
A igreja está caminhando à passos largos para seu fim!
Ninguém vai se revoltar contra sua santidade?

PAola

Anônimo disse...

uma mancada atrás da outra.Hj já li q o papa disse na África q a igreja tem q se opor ao totalitarismo.Alô?

Bjos e []s

Ivette Góis

Marco Y disse...

Sem comentários....

=[

jose luis disse...

o vaticano (com minuscula mesmo)
e' pre' historico
e o papa um terrorista e genocida inveterado

silvania lessa disse...

Ainda bem q o humor pode salvar o dia de tanta coisa ruim q acontece! ;-)

Paulinhaaa disse...

huashuashuashuashuashuas

A_DO-REI!

Bom final de semana!

Bjsssss

DILERMArtins disse...

Mas bah, guria.
O discurso do Papa só tem sentido para os católicos.

Paola disse...

Dilermans
Nem para os católicos, é uma ética antiquada, né?

DJ disse...

O discurso do Papa não faz sentido nem dentro da própria instituição! Ou vocês acham mesmo que os padres são homens santos e isentos que não cometem o seu "pecadinho" de vez em quando? Nos EUA e em Portugal, segundo consta, gostam de criancinhas. Que o diga o Padre Frederico, brasileiro que depois de violar e matar uma criança fugiu para o Brasil!

João Eurico disse...

Quando Darwin começou a explicar a teoria da evolução alguns religiosos alegaram que sua explicação era uma inversão da lógica. Segundo os antagonistas, a lógica de Darwin parecia afirmar que o doce era mais doce para satisfazer quem gostava de doce. No fim, provou-se que era isso mesmo. O doce nos é mais prazeiroso ao paladar porque serve como um estímulo para buscarmos alimentos com mais energia.

A inversão da lógica é válida mas não pode ser usada duas vezes pois anula o efeito lógico. O papa bem que tentou mas acabou confundindo causa com efeito. Se pararmos para considerar que o papa, homem inteligente que é, ainda assim profere um disparate desses, só pode ser de forma proposital e com intenções escusas.

Lamentável.