terça-feira, 11 de agosto de 2009

O prestidigitador



Estou começando a entender por que sou um fracasso na existência: nego assiste a dois workshops, dá uma lida nuns três artigos catados no Google, compra um livro de 100 páginas sobre o assunto e depois de um mês morando na filosofia, se intitula Especialista.

4 comentários:

Paola disse...

É tanta abobrinha proferida que chega a ser perigoso!
Mil e uma certezas irrefutáveis, teoricamente tudo é lindo, na prática...
Veja o caso da gripe suína, se desse ouvidos a todos especiaistas, provavelmente haveriamos enlouquecido,acho que essa história de especilalista é culpa da imprensa, que para dar veracidade às bobagens que publica "taca" um monte de "segundo especialistas"...

Paola

Anônimo disse...

e não é?O mundo povoado de tanta "inteligência" q não tem como a gente não se sentir completamente burro.

Bjos e []s

Ivette Góis

Giovanni Gouveia disse...

Lembrei disso aí:

http://quantotempodura.wordpress.com/2009/06/03/cobertura-de-tragedias-estilo-globo-news/

ingeripe

Punksauro Nei disse...

Aqui no Japao tem de penca desses farsantes, desde dramaturgos, auto ajudas, fotografos, coreografos, cantores, artistas plasticos a blogueiros. (Ops!)