sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Basisexamen inburgering



Espero que o meu post anterior não assuste (ou tenha assustado) quem vier à procura de informações sobre o exame de integração, mas eu não poderia dizer aqui que foi fácil e estimular uma preparação negligente por parte de quem pretende prestar o exame. Há necessidade de boas horas de dedicação diária, de estudo sistemático, especialmente se o idioma holandês for completamente estranho a quem está envolvido nesse processo.

Bem, vamos ao teste propriamente dito.

Ele não é escrito, é oral. O candidato interage apenas inicialmente com a pessoa do consulado/embaixada, a qual apenas dará as orientações, fará algumas perguntas pessoais, escaneará as digitais, essas formalidades, mas o teste, em si, é feito entre a pessoa e um computador. Há um número telefônico na Holanda, que será discado pelo funcionário da embaixada/consulado e, a partir daí, o candidato, com seus foninhos de ouvido e microfone, irá respondendo tanto as questões de conhecimento da sociedade holandesa, quanto as questões de língua holandesa. Tudo em holandês, obviamente.

A primeira parte do teste, nos moldes acima mencionados, refere-se à sociedade holandesa: são 30 questões, sorteadas na hora, sobre saúde, educação, estilo de vida, geografia, legislação etc. Salvo engano, o candidato pode errar, das 30, 9 questões. Aconselho o máximo empenho nessa parte porque, além de ser a mais fácil e o material de estudo focar exatamente no que vai cair no teste, ela pode dar uma boa alavancada na nota total.

Depois dessa primeira parte, ocorre um pequeno intervalo e começa a segunda parte, a qual diz respeito à língua holandesa. São cinco questões:

1. Nazeggen: consiste em o candidato repetir as frases que ouvir o máximo que puder, em tempo corrido. Caso não compreenda tudo, repetir o que conseguir apreender. Nunca ficar calado porque a questões se seguem, não há intervalo.

2. Vragen: São feitas perguntas (em holandês, claro) e o candidato deve respondê-las com respostas curtas. Caso não saiba, não ficar calado e responder Ik weet het niet (não sei).

3. Nazeggen: idem ao 1.

4. Tegenstellingen: são os antônimos. O locutor vai falando e o candidato vai respondendo de acordo com o pedido. Caso não saiba, Ik weet het niet (não sei), nunca ficar calado.

5. Verhalen: duas histórias curtas são contadas e o candidato terá, para cada uma delas, 30 segundos para recontar o máximo que puder, em holandês, dessas histórias.

O teste em si é muito rápido e essas questões se seguem sem intervalo.

Para a segunda parte, não há um material específico. Eu me preparei fazendo um curso de holandês em casa (aqui em Recife não tem curso de holandês regular). Quem estiver interessado em saber quais materiais usei, pode me escrever pro email mello.kenia@gmail.com

Como disse anteriormente, a primeira parte é mais tranquila e o material é fidedigno ao teste.

Qualquer dúvida, tentarei responder na medida em que a correria aqui me permitir.

Boa sorte! :)




7 comentários:

Marissol França disse...

Muito obrigado Kenia.. não imagina o quanto me ajudou..
Mas confesso que fiquei preocupada rsrs
É negocio é estudar, estudar e estudar!!
Um gde bejo!
Mandei um email para vc!

Ivette disse...

nossa,o negócio é bom,heim?Mas eu acredito,Marissol,q se vc pegar com afinco,tudo dará certo,né Kenia?
Onegócio é estudar.rsrsrsrs

Bjos e []

Nei kS disse...

Santa Amsterdona!

Tudo isso para manter os Mello unidos?

Yeah!

Kenia Mello disse...

Marissol, é aquilo mesmo que você e Ivette falaram: é estudar pra valer. :)
Beijos pras duas.

Nei, os Mello, os van Dongen e quem mais quiser ir, fio. É punk rock hard core Alto José do Pinho. ;)
Beijos.

Simone disse...

Oie, daqui 9 dias tenho a minha prova. To suando frio desde já, as perguntas estao na ponta da lingua, mas o restante... niet. To estudando por conta propria, com material da internet, live mocha, taalklas, mas é muita informacao, nao consigo de jeito nenhum decorar a lista com uns 400 opostos, e aquelas frases? meu deus, quando eles acabam eu já nao entendo mais nada.

força na peruca viu.

bom encontrar seu blog

Beijao

Kenia Mello disse...

Simone, fique tranquila que a sensação é essa: muita coisa pra ser estudada. Tente manter o foco e ter confiança, capriche na primeira parte.
Beijos e boa sorte.

Anônimo disse...

Olá... gostaria de ler seu outro post sobre o inburgering exame.
Onde posso encontrá-lo ?
Obrigada