quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Mudanças



Durante os dez anos em que passei fazendo malas e mudanças, vivia me queixando da falta de raízes, daquela história de ter que sair da cidade quando já havia estabelecido laços, contatos e coisa e tal.

Aí então o tempo passa, a vida muda radicalmente e cá estou eu há quase oito anos fincada na mesma cidade, há quase seis na mesma casa. E deveria estar contente porque as tais raízes estão tão firmes quanto as de um velho jequitibá.

Mas, não, e quem disse que me satisfaço com alguma coisa? E não é que estou com aquela comichão de ver malas prontas (ou por fazer), de embalar, colocar plástico bolha e etiquetar caixas? Aquela ânsia de desbravar vizinhanças, saber onde ficam o supermercado, a farmácia, a escola mais próxima?

Pois é, pois é. Mudanças à vista. Espero que pra melhor.

7 comentários:

Anônimo disse...

Mudanças são sempre necessárias e bem-vindas,tudo que se constitui em desafio faz crescer de alguma forma.
Torço pra que as suas sejam promissora.

Bjos e []s

Ivette Góis

Repórter Bacurau disse...

Eu também vou me mudar esse ano.

Até abril, estarei em outra cidade...

Anônimo disse...

Se na vida existisse somente mudanças de lugar, o fazer e desfazer malas, tudo bem, mas as mudanças internas são as mais difíceis de se encarar. Parabéns!! Você conseguiu. Será que eu consigo?
Felicidades!!

Kenia Mello disse...

Queridos, que tal colocar o nome de vocês? Dá pra registrar como anônimo mesmo, mas depois coloquem o seu nome, tá?

Anônimo disse...

Será que vou ter essa vontade de mudar? Estou mudando de cidade/estado numa média de uma vez por ano... Alagoas, Sergipe, Bahia e já não sei mais para onde irei esse ano.rsrsrs
Beijos.

PS. Parabéns por seus textos, são sempre deliciosos de ler.

Anônimo disse...

Será que vou ter essa vontade de mudar? Estou mudando de cidade/estado numa média de uma vez por ano... Alagoas, Sergipe, Bahia e já não sei mais para onde irei esse ano.rsrsrs
Beijos.

PS. Parabéns por seus textos, são sempre deliciosos de ler.

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK... tô lerda... esqueci de por meu nome.rsrsrs

Betânia

Kenia Mello disse...

Agora, voltar pra cá que é bom, nem confiança, né, cabrita?
Beijos e saudade, Be.