sexta-feira, 4 de abril de 2008

Por que as mulheres amam Gregory House?




Ele é irônico, perspicaz, genial.
Por detrás do sarcarmo, um ar de abandono. É emocionalmente confuso. Tem vácuos e neles seus olhos azuis se perdem em certos e poucos momentos. Ele é objetivo demais, sagaz demais, sozinho demais.
Apesar de não ser bonito, é um homem interessante. E só pra constar: tem bíceps e pernas definidos, apesar de uma delas ser aleijada.
Ele também é pirado, transgressor. Toca guitarra e piano, pilota sua moto feito doido.
Ele é dependente químico devido a uma dor aparentemente física.
Ele ama uma mulher e apenas para ela sorri com franqueza e humanidade. Mas ele a rejeita, pois sabe que nunca serão felizes por causa da própria incapacidade de mudar.
Mesmo errando em alguns momentos, ele sempre tira onda de Deus quando, no final, salva vidas condenadas.
Ele não crê nem precisa de salvação.


Algumas razões para amar House


Porque ele é pura contradição: o que fascina numa hora, repele em outra. É esse perfeito equilíbrio de partes antagônicas que o torna atraente.

Porque muitas de nós ainda crê na armadilha do Comigo vai ser diferente.

Porque temos raiva da sua imaturidade emocional, mas lá no fundo sabemos que ele está certo: ao afastar o outro dos seus fantasmas, ele está sendo, no mínimo, honesto.

Porque somos naturalmente programadas para ler nas entrelinhas, o que muitas vezes é a nossa perdição. O fato de percebermos que alguém é indiferente, egoísta e prepotente, mas que lá no fundo é uma pessoa sensível e problemática não deve servir-lhe de salvo-conduto. As pessoas não mudam porque achamos que elas devem. Elas mudam quando querem e julgam necessário mudar. E quando isso acontece, o melhor é procurar ajuda. Especializada.

Porque quando ele toca guitarra e piano não tem como não tocar também o imaginário feminino: a visão de como seria ter o próprio corpo dedilhado. Quem já não se apaixonou pelo rapaz da faculdade que tirava um som no violão? Aliás, um dos sábios conselhos da revista Playboy para arrumar mulher é esse: aprenda a tocar um instrumento!

Porque ele desperta o instinto protetor, aquele apelo que têm os bebês chorões, os que sofrem, os solitários, os incompreeendidos. Mulher adora ser mãe.

Porque ele é a soma de todos os clichês que são a danação de uma mulher. Mas isso não diminui em nada seu sex appeal, diga-se de passagem.

14 comentários:

Repórter Bacurau disse...

Quem é esse fresco?

Anônimo disse...

Porque elas ainda não encontraram na vida real o mix que é Dr. House.

Dr. Lucard

Kenia Mello disse...

Antes do ciúme atávico se instalar na sua psique masculina e machista, procure no Google, fresco.

P.S. Universal Channel, às 20h, de segunda a quinta. Tem horário alternativo também. :P

Pernambucobebendoparaomundo disse...

Engraçado, que ontem (passa na record também, Kênia), bastou aparecer que minha mulé disse logo: "Odeio esse cara!", com toda a força do mundo, perguntei por que, e ela: "pra começar é médico, depois que ele tá mais preocupado com o ego dele que com a saúde do paciente"...

Toda regra tem "excepção" (sempre me pergunto se ESTA também tem) se esse texto é uma regra, minha mulé é a exceção que confirma a regra... (thanks God is my wife)...

Kenia Mello disse...

Gio, Madame Ke até poderia fazer uma leitura psicanalítica dessa raiva com "toda força do mundo", mas deixa pra lá, não vou incomodar Mme. com essas coisas. ;)

Anônimo disse...

Eu também odeio esse cara!!!
(risos)
Menina,que definição, heim?!!
Ele é tudo isso e mais alguma coisa mesmo.
Na minha opinião ele só tem um defeito: enche minha caixa postal de declarações infantis e apelativas... affff!
Normal... afinal ele não precisa ser perfeito!
bjs
Rê.

batatatransgenica disse...

porque ele se garante.
;o)

minha mãe costuma dizer que ele é feio mas é bonito.

batatatransgenica disse...

oh, e antes que eu esqueça... 4ª temporada às quintas, 23h, no universal channel [dá pra emendar com a 2ª temporada às 24h na record].

reprises às quintas [1h] e sábados [19h].

a 4ª temporada tem sido per-fei-ta, imho.

Repórter Bacurau disse...

Eu não! Não vou ficar no Google procurando baitola não, ó!

E aqui em casa não tem TV por assinatura não, visse? A gente é pobre, mas é limpinho.

DJ disse...

O Dr. House representa um estereótipo existente na sociedade. A verdade é que as mulheres gostam de homens com este tipo de personalidade. São poucos assim, mas é o facto de serem irreverentes, verdadeiras pedras no sapato para quem os tolera, etc, que lhes dá a graça! É o que elas dizem!

Bruna disse...

uoooou, ele é mesmo tudo que há dibão neste mundo cão. Ele é tão mundo cão que não dá nem pena. Sei lá, eu gosto tb pq ele dá uma leveza à crueldade que me faz achar que é normal ser cruel, meio que libera o lado negro da força.

ah, e tem o seguinte: ele está SEMPRE certo. qdo ele erra, ele vai lá em seguidinha e, pá, diz antes de todo mundo que ele estava errado e, pum, salva a criatura que ele, é claro, maltratou o episódio inteiro. Ele salva pq precisa, é a droga dele, dar certo, conseguir salvar a vida da pessoa. E simplesmente não precisa se fazer de bonzinho pra fazer algo bom. Um nojo de tão bacana!

Anônimo disse...

porque ele não vale nada,mas eu dava pra ele mesmo assim.Meu carinho,claro.rsrsrsrs

Liz / Falando de tudo! disse...

Gostamos dele por que ele tem esse ar de abandonado e dominador, acabamos nos iludindo...e é tudo que nos queremos: ILUSAo.
Querida, adorei este post!!
Tenha uma excelente terça!
Beijos

Thareja disse...

Eu tb adorei o post, só não concordo quando vc diz que ele não é bonito. Além de lindo ele é elegante, sensual e vicia! ai! ai!