quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Tragam o meu faetonte, por favor






Porque definitivamente a falta de educação no século 18 era muito menos escancarada do que a que se pratica hoje, na rua, na chuva, na fazenda ou numa casinha de sapê...

Depois do dia de ontem ter sido repleto de cansaço, desânimo, mau humor, dor física e espiritual (o que é a vida de uma pessoa sem uma boa dose de drama, me digam), resolvi que antes de ir dormir ou ao menos tentar, deveria me desligar da realidade. Como não tenho mais idade nem interesse pelos tóxicos, peguei o filme Pride and Prejudice, adaptação do livro de Jane Austen, e fiz a minha viagem de volta - sim, porque já fui convidada para um baile em Netherfield, tenho certeza disso - a um mundo cheio de preconceitos e conveniências, é verdade, mas também cheio de sutilezas, saias vaporosas, jogos de carta e recitais de piano em noites de diversão. Um mundo de meias palavras, de reverências, de cartas aguardadas com ansiedade. E um mundo sem Vizinho de Cima, o que é mais importante.

E falando nele, acredito que as cabadas de guarda-chuva no teto deram resultado: não ouvi nem um mísero arrastar de móvel de ontem para hoje. E olhem que fui dormir às 23, tarde que é para mim, mas acontece quando estou muito cansada e tensa: a cabeça não pára. Vamos ver se hoje a coisa se mantém. Caso contrário, mais um dia de fúria, de cão e de confabulações com R., que topa me representar com a condição de não mostrar o rosto para a equipe de Cardinot.

11 comentários:

Anônimo disse...

ah,Jane Austen é maravilhosa!Já li o livro,mas não vi o filme.Vale a pena a adaptação?
E esse tempo das saias rodadas é maravilhoso mesmo,totalmente cavalheresco.
E q bom q VC deu uma trégua viu?rsrsrs

Bjos e []s

Ivette Góis

Kenia Mello disse...

Ivette, o filme é bem fiel ao livro, sim. Dá uma boa enxugada na narrativa, mas não traz prejuízo algum, na minha opinião. Os traços marcantes das personagens são mantidos (Donald Sutherland, como Mr. Bennet, está excelente com toda a ironia e o senso de humor da personagem), enfim, delicioso como o livro. O que eu tenho é a versão mais recente, com Keira Knightley vivendo Lizzy. Por sinal, comprei por 12,90, nas Ameuricanas. ;)
Beijos.

Gerly disse...

Estou para assistir o filme qq dia desses. Mas veja só, será q o "coitado" não está lá esborrachado embaixo de algum móvel, precisando de uma visinha caridosa pra socorrê-lo??? rsrsrsrs... Brincadeirinha!
Xêro!

Kenia Mello disse...

Gerly, a Vizinha de Baixo não é caridosa com quem tira as noites de sono dela, não. Melhor chamar o guincho. :)
Beijo.

TPM disse...

Uau...
Tô aqui às 00:48 da madruga, enrolando para tomar banho e tirar minhas 4 hs de sono diário e estou pensando se esyá tendo uma faxininha aí na sua casa de cima. 9Tomara que não)
Sou apaixonada pelo filme Orgulho & Preconceito, jamais me cansri dr assistir, mas aonda não li ao livro.
Achei tudo perfeitamente lindo e perfeito até assistir ao seriado homônimo que passou na BBC com 6 episódios. Mais que demais.
Eu baixei num site chamado Is Life Corp.
Valeu MUITO á pena, que vc nem vai lembrar que possui vizinhança. rsrs
beijinhos

Fatima disse...

Adoraria ter vivido na época das saias rodadas..........ainda não li o livro e nem vi o filme, ando sem tempo e paciência para muita coisa, preciso dar um tempo ao meu esqueleto e a minha mente tão cheia de preocupações!
Quanto a sr vizinho, não dê trégua não, mesmo ele quieto dá umas cabadas de vassoura no teto, pra ele ver o que é bom pra tosse!
Beijos

Sweet! disse...

Ai, tb adoro filmes dessa época prá 'desligar'...
E a vida é uma novela, Kênia...
Bj...

Sweet! disse...

O q é faetonte?

Kenia Mello disse...

Sweet, segundo o Houaiss que Chadel mandou e você nunca pegou a cópia, faetonte significa carruagem leve, sem cobertura, de quatro rodas. :)

Expedito Paz disse...

Essa adaptação ficou muito boa, mesmo. Se você gosta bem desse tipo de filme, alugue, compre ou espere passar na TV "Desejo e Reparação", também com a Keira Knightley. Recomendo fortemente.

Kenia Mello disse...

Expe, indicação anotada. Valeu!
Beijo.