quarta-feira, 5 de novembro de 2008

A rapadura é doce...



Queridos e queridas,

Desculpem pelos posts lacônicos, pela minha falta de visita aos seus blogs (eu até vou em alguns, mas nem sempre comento), enfim, pela minha inaptidão momentânea para administrar isto aqui do jeito que eu gosto. Por um lado, as enquetes animam e me deixam no piloto automático com relação à postagem, mas, acreditem, estou pensando em dar uma pausinha nelas também. Saco cheio, sabem como é? E como as sugestões pararam de chegar e a minha criatividade para catar (no bom sentido) bofes e barangas fazíveis está meio em baixa, a coisa complica.

Os motivos são vários, mas o principal deles, e que envolve quase tudo, é a minha incapacidade de lidar com situações que não dependem de mim. Eu sei, eu sei que se não dependem, o melhor a ser feito é deixar correr, mas quem disse que essa minha cabeça ariana aceita isso assim tão passivamente?

No entanto, estamos aí e se cair na área é pênalti, certo? :)

Como diria Fal, este post hermético teve o patrocínio de Cashmere Bouquet.

12 comentários:

Fatima disse...

Posso falar Kenia?
Também ando tão de saco cheio de tanta coisa, que vou te contar.....
Sem paciência, sem criatividade para pensar e criar alguma coisa, sem motivação, isso é um saco!
Mas vamos tocando pra ver no que dá!
beijos

Anônimo disse...

hermeticamente falando tb,espero q passe logo.rsrsrs
Mas não suspenda as enquetes não.

Bjos e []s

Ivette Góis

Esperança da Luz disse...

Concordo, estou sem saco, vou voltar pro Recife, pelos desopilo.
Apoiadooooooooooo

jose luis disse...

TPM blogosferica

Kenia Mello disse...

José Luis, antes fosse, querido... :)

Sweet! disse...

Tamos aí, Madame Kênia.

Beth/Lilás disse...

Oi, Kenia!
Tenho notado que vc com estes posts, na verdade, está com algum bloqueio na vida, talvez aborrecimentos ou preocupações, mas como somos seus amigos e entendemos que todo mundo tem dessas coisas, aguardaremos o tempo necessário para que tudo se restabeleça. Me preocupo sim, mas com este final "cashmere bouquet" eu tive que dar uma risadinha e senti que nem tudo está perdido.
beijinhos cariocas

Kenia Mello disse...

Fátima, Ivette, Sweet e Beth, obrigada, queridas.

Ah, Beth, obrigada pela grafia correta de Cashmere Bouquet, já consertei lá no post. Pelo menos o bouquet eu ainda consigo fazer certo. Hehehe
Beijos. ;)

Renata Komuro disse...

... mas não é mole!!

bjs,
Rê.

Anônimo disse...

Normal!
Essas paradas fazem parte do processo de transformação que, sabe-se, é constante!
Ora...
Se bem conheço essa fenix, esse tal saquinho logo,logo, se esvazia.
E tudo volta dicunforça!
Na verdade, durante o pit-stop nem vai dar tempo pra ter saudade pois tem incríveis variedades pra se ler, ver e ouvir novamente.
bj
R.

Beth/Lilás disse...

Uai! Eu nem sabia que eu tinha escrito correto!!!

Escrevi de novo cashmere bouquet, porque achei engraçado você reavivar esta propaganda que eu nem sabia que "gurias" como tu conhecia???

Acho que escrevi certo por ter guardado a tal propaganda na gaveta da memória muito bem guardada. haha
beijins

TPM em crise disse...

Se vc quer uma pausa, um tempo dessas agitações, então é a melhor coisa que deve fazer.
Escrever só por escrever não tem graça, a felizarda maior deve ser vc, vc deve sentir mais prazer escrevendo do que nós lendo.
Ninguém é igual em todo o trajeto de nossas vidas, e nessas mudanças há momentos de reclusão, exatamente para isso, para refletirmos, "quem é esse novo eu". Vc está passando por momentos e metamorfoses, isso é bom, é saudável. Guarde suas energias para resurgir como uma fênix.

Bjcas