quinta-feira, 28 de maio de 2009

Um dia é do touro






Não vou dizer que tive pena. Não esperem de mim nenhuma compaixão pela espécie humana numa situação dessas. Torço sempre pelo touro, mesmo apreciando um bom cupim e uma picanha ao ponto, sem capa de gordura. Hipocrisia? Não, falta de coerência mesmo. Fazer sentido quase sempre é um exercício entediante.

4 comentários:

Punksauro Nei disse...

Não é incoerência não. Não precisa pisotear a picanha, esmurrar a alcatra, descarregar uma 12 num lombo para melhorar o sabor.

Não precisa praticar nenhum esporte nazista para fazer churrasco.

O boi morre na faca? Morre. Eu como? Claro.

Alguém já viu uma tourada de lula, polvo etc antes desses bichos chegarem na paella?
Besos!

Giovanni Gouveia disse...

bom mesmo é ver quando o chifre "engancha" no retentor retrofuricular do toureiro...

baskyd

Beth/Lilás disse...

Ô coitado ... do touro, oras! Ficou enganchado na barriga do toureiro.

jose luis disse...

touro!
touro!
touro!