sábado, 13 de junho de 2009

Fluxo e refluxo



Ontem, o Recife acordou, deu bom dia e voltou pra cama. Tudo alagado. Sou a mais velha do grupo. Têm vinte e poucos anos, e eu me vejo tanto em alguns deles. Céus, como a vida não muda de estação! G., o que não falta no mundo é beleza complexa, de doer, de fazer chorar. E a gente aqui embolando de tanto rir, que falta de respeito e compostura. Ia fazer as unhas ontem cedo, dúvida entre o vermelho e o café. A chuva decidiu por mim. O que é o mito? É uma mentira!, responderam com força. E eu sou obrigada a conviver com isso. Eu sei que abolir o sutiã é libertário, mas depois de uma certa idade, fica obsceno, especialmente se isso acontecer sob uma malha amarelo gema. Pois eu tenho um colar lindo, cheio de bolinhas coloridas, lindo, lindo. Olharam tanto, pegaram tanto, que ele partiu, do nada, quando fui tirar. Só de pensar que ele estava no meu pescoço... hahaha. Às vezes estou até bem lenta, mas nada que me dê paciência suficiente para agüentar um banquinho e um violão. E ter sido backing vocal de I. certamente é ponto mais alto do meu currículo, mas o pior de tudo mesmo é lembrar e ainda passar a informação adiante. As decisões erradas nunca te perdem de vista: você pode mudar de endereço, de penteado, de opinião, mas elas um dia te acham, pode crer. Ah, café, ficou lindo. Posso usar a colcha de retalhos, espero por isso o ano todo, enfim. Aos poucos, a poeira tende a assentar porque ninguém suporta viver tanto tempo pairando sobre si mesmo. Aí é tocar a vida como se toca uma bola de sabão, de leve, e deixar que ela se encarregue do resto, muitas vezes sem tantas sutilezas. Existe outro jeito? O tédio é a forma mais
baixa de renúncia
. Ouvindo isso, desperto.

6 comentários:

Cristiana disse...

Eu me identfiquei. Fluxo e refluxo, tenho os dois. O primeiro, intenso. O segundo, moderado (mas tenho que tomar omeprazol todo dia). A chuva também decidiu o destino das minhas unhas ontem: pedi a hora do salão.

Kenia Mello disse...

Cristiana, quando a dor dá lugar ao cinismo, é sempre um sinal de alerta...

Punksauro Nei disse...

Esse é um dos textos mais bacanas que li nos ultimos dias.

Joia!

fal disse...

isso está inacreditavelmente bom. quer dizer, como é seu, é acreditavelmente bom. muito, muito.

Repórter Bacurau disse...

Essa pós tá fazendo bem a seus textos. :)

Varjal disse...

Kenia?

Não sei por que mas esse seu cenário me pareceu tão conhecido :)
sobretudo quando você cita a malha cor de gema de ovo kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk