quinta-feira, 25 de junho de 2009

Michael Jackson: Beat it!






Tô aqui bestinha...


Update:
Depois dessa, vai ter assunto para mais de um mês. O Multishow já interrompeu a programação para apresentar um especial sobre a vida de Michael Jackson, vai chover opinião sobre a saúde, achismos os mais variados sobre a personalidade, a bizarrice, as taras, os fetiches, o embranquecimento, os filhos, a falência etc. etc. Enfim, vai ter carniça de sobra pra urubuzada. E eu só achando que ele já vinha morrendo faz é tempo. E como ele era magnífico! O melhor de tudo que apareceu. Pena que não que conseguiu sobreviver a si mesmo.



5 comentários:

Beth/Lilás disse...

Tem razão, amiga!
Eu também curti adoidado aquele tempo do Michael criativo, antes do embranquecimento.
Mas, agora, o caso Sarney e sua família de ali babás será, ofuscado quem sabe! Sarney deve tá felizinho que só com essa morte!
bjs cariocas

Maurício disse...

Prá quem não possui toda a discografia dele, ou quer apenas escutar o que ele gravou de melhor, fiquei sabendo hoje que nos programas de compartilhamento só dá Michael...
A galera tá fervendo no que existe de Jackson 5 e da careira solo dele, devidamente reforçado pelos uploads de última hora.

João Eurico disse...

Faz mais de 20 anos que Michael Jackson não fazia nada que preste. Ainda assim, eu achava que ele ia dar a volta por cima, superar as neuroses e sair com algo realmente de valor artístico. Os escândalos, a personalidade perturbada, a falta de brilho, o comportamento patético e apagado da última parte da vida dele me fizeram ter uma opinião desprezível por ele.

Aí o miserável morre.

E eu sinto falta. Né lasca ?

Anônimo disse...

tirando todas as suas loucuras,suposta pedofilia,vida atribulada,senti pena qdo ouvi a notíca.Como vc mesmo disse,ele não conseguiu sobreviver a si mesmo.

Bjos e []s

Ivette Góis

geneftali disse...

Na minha opinião, quando um mito feito o MJ, cresce da forma como aconteceu, tudo fica muito pequeno para suportá-lo. O mundo não suporta ícones como The Beatles, Frank Sinatra, e outros grandes... Como é que esse pequeno mundo suportaria o talento e o tamanho de Michael Jackson? Por isso parte para ser eternizado, parte para o além, de fato.
Gerferson Neftali