segunda-feira, 18 de abril de 2011

Diemen



Hoje vou mostrar um tantinho de Diemen, cidade de um pouco mais de 24 mil habitantes e bem próxima de Amsterdam, ao leste. A cidade é dividida em quatro partes: Diemen Noord, onde se localizam o núcleo histórico e um grande bairro residencial moderno; Diemen Centrum (onde moramos); Diemen Zuid, onde se encontram uma grande área residencial do início da década de 80 e um núcleo comercial com muitos edifícios de escritórios. A quarta área comporta as indústrias e a zona rural.

(Clique nas fotos para ampliá-las)



A maioria das fotos que se seguem são de Diemen Centrum, nossa região.

Igreja de Sint Petrus:




Canal visto a partir da DiemerBrug (ponte):




Prédio onde funcionava o correio:




Parte antiga de Diemen:




Interior da biblioteca pública que fica próxima daqui de casa:



Prédio do teatro e cinema também próximo de onde moramos:



E quando precisamos ir à Amsterdam, claro, ele, o bonde 9:




Saindo de onde moramos, depois de três paradas do 9, estamos em Amsterdam. Para o centro, a muvuca, leva uns 15 minutos no total. Eu estou cada vez menos interessada em ir ao centro de Amsterdam, só vou mesmo quando há alguma necessidade. E geralmente para comprar algo, pois o comércio de lá é mais diversificado que o daqui, claro, e, o principal detalhe: as lojas abrem aos domingos, coisa que aqui em Diemen não rola de jeito nenhum. Nas primeiras vezes em que estive aqui, como turista, não queria sair de lá, pois é onde se concentram as lojas, os museus, os pontos turísticos e coisa e tal. Com o tempo, fui cansando das ruas lotadas, do tumulto, da confusão de Amsterdam, coisa de velho, sabem como é.

Mas voltando para Diemen, uma foto da moçada num intervalo de aula (pra ninguém pensar que moramos numa cidade de velho :P):


Inholland studenten Amsterdam/Diemen hebben pauze


Por fim, uma bonita vista da zona rural de Diemen:


Stammerdijk, Diemen, NL

8 comentários:

Simone Westerduin disse...

Kenia quando eu morava em Hoofddorp (3 paradas de trem pro centro de Amsterdam, ali depois do schipol), eu não saia de Amsterdam, pq nada abre domingo em HD e durante a semana tirando compras no supermercado nao tem nada pra fazer. Mas sabe, Amsterdam cansa. Nunca achei que ia me cansar daquela muvuco, de me acotovelar com turistas e achar que nào tem tanta graça assim ver mais do mesmo. Tipo tourist trap. Desde que voltei ainda não dei as caras por lá, vou no queen's day, no mais Den haag é uma gracinha e você deveria vir me visitar qualquer dia :)

beijao

Kenia Mello disse...

Simone, da Randstad, a única cidade que não conheço é justamente Den Haag! Vamos combinar, sim, uma visita, e vocês aqui em casa também serão super bem-vindos.
Beijão.

Anônimo disse...

Achei o lugar lindo, bem a cara da Holanda mesmo. Essas cidades maiores e turísticas terminam virando uma coisa meio desfigurada, sem cara de nada mesmo. São Paulo tem muito disso, um cenário com muitas identidades. Não conheço a Holanda mas tenho certeza q gostaria de ir em Amsterdã mas querer conhecer mesmo,quero o tipicamente holandês.

Bjos e []s

Ivette Góis

Kenia Mello disse...

Ivette, sem dúvida que Amsterdam, pelo menos na parte central, não é o tipicamente holandês em função de tudo isso que você falou. Claro que quem vem à Holanda a passeio tem de ir, os museus, as lojas, os cafés, a vida noturna justificam. Mas quando você vive por aqui, especialmente numa cidade pequena como a nossa, na qual as pessoas se cumprimentam na rua mesmo sem se conhecer, onde esquecer a porta de casa aberta não é garantia de ladrão, onde uma criança de 7, 8 anos pode ir sozinha para a escola e outros lugares (sonho da vida de Mariana, que está que não se aguenta pra fazer 8 anos -- ainda bem que é em dezembro), por exemplo, você quer mais é fugir de tumulto, de confusão. Morei em cidades como grandes como Rio, São Paulo e Recife, daí a necessidade de uma vida mais calma e com mais garantias de tranquilidade.
Beijos.

Anônimo disse...

O lugar parece mesmo super aconchegante,um convite para passeios.Eu vejo uma grande diferença entre ser turista em uma cidade e residir na cidade.Com o tempo tudo se torna tão habitual,tão rotineiro que a gente não encontra o mesmo prazer nas atividades.Isso não é beneficio só de pessoas mais velhas não viu?!rsss

Bjus,
Mirian

Kenia Mello disse...

Mas é que com o tempo, Mirian, a gente vai ficando mais abusado. Hehehe
E Diemen é tudo isso aí mesmo: um lugar aconchegante.
Beijos.

Lu Farias disse...

Menina, acho que por isso que quase não saio mais de casa: só de pensar em levar uma hora pra chegar a qualquer lugar, trombar com um bando de gente... aff!!!

Adorei conhecer um pouquinho do seu canto aí.

beijocas, uma ótima semana procê!

Kenia Mello disse...

É, Lu, a gente vai cansando desses embalos de sábado à noite, né? Hehehe
Beijos pra você também.