sábado, 27 de setembro de 2008

Morre Paul Newman






A fonte que eu consultei diz que ele morreu hoje e, num parágrafo posterior, ontem, sexta-feira. Fica só a foto e a lembrança desses maravilhosos olhos azuis. Fonte, nem de água mineral, dá mais pra confiar...

7 comentários:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Lilás/Beth disse...

Ai, o cara era lindo mesmo!
Nem me lembro se ele tinha talento! rsss
abraço carioca

Anônimo disse...

Fiquei triste e surpresa. No primeiro momento, quanto à idade, para em seguida me ligar que gente como ele é muito maior que a cronologia.
Pois é isso!
Esses olhos, aliados a enorme talento e expressiva atuação fora das telas... o fazem atemporal.
Como diria minha vó... que Deus o tenha em bom lugar!
Beijos
R.

Kenia Mello disse...

Ele era um tudibom atemporal: ótimo ator, liiindo de morrer (mesmo velhinho e doente), socialmente consciente e engajado, homi de uma mulé só - o que é muita coisa diante do assédio, diga-se de passagem -, enfim, uma pessoa que deixou sua marca.

Eu sou uma criatura de 41 anos, mas antiga pacas. Sempre que vejo lista de homens lindos do cinema mundial, não me vêm à cabeça Brad Pitt e demais bonitões atuais. Penso logo em Robert Redford, Marlon Brando e, evidentemente, Paul Newman...

Anônimo disse...

Tb desde mais nova sempre preferi os coroas, embora em fase mais conturbada tenha me equivocado qto a isso, tu sabes rssss.
Adoro aquele filme "Alguém tem que ceder" com o Jack Nicholson ( e até q eu ñ gosto tanto assim dele, mas do contexto do filme - quem ñ se garante, devia ver rssss)
Acho que foi com vc e Lana que fui assistir "onze homens e um segredo", cinema lotado de meninas, qdo Brad Pitt apareceu enchendo aquela telona toda e aí não deu outra: uma gritaria tão louca que ficamos só olhando e nos divertindo daquilo tudo.
E aí eu disse (mas só disse rsss)que ia gritar daquele jeito qdo aparecesse "o meu" Brad Pitt daquele filme rsss
Sabe quem era, né?
O George Clooney :)
Bjos
R.

Kenia Mello disse...

Regina, Clooney é um Bread mesmo. (Trocadilho infame!) :P
Menina, tinha até esquecido desse babado das meninas em histeria no cine.
Foi o mesmo que sucedeu numa das vezes em que fui assistir à Paixão de Cristo, em Fazenda Nova, e Fábio Assunção era JC. Que fiasco! As meninas gritando GOSTOSO!, LINDO!, coisa totalmente fora de propósito. Queria um buraco pra me enfiar...
Beijos.

Anônimo disse...

um homão em todos os sentidos!Uma grande perda realmente.

Bjos e []s

Ivette Góis