segunda-feira, 25 de abril de 2011

Feriado da Páscoa



Aqui na Holanda, o feriado da Páscoa não começa na sexta-feira, como no Brasil, mas, em compensação, hoje, segunda, ainda é feriado nestas terras. A escola já libera as crianças na sexta e como o tempo está maravilhoso por aqui, tem sido uma delícia fazer passeios ao ar livre, ficar em casa curtindo a varanda com sol e cervejinha e visitar amigos. Ah, sábado à noite fomos curtir uns chopps em Amsterdam, já que Mariana dormiu na casa dos tios.

Ontem fomos à casa de um amigo de Paul, na cidade de Almere, para um churrasco -- minha família católica apostólica romana que não leia este post. Ficamos de levar algumas coisas que fossem tipicamente brasileiras. Depois de muito pensar, decidimos levar nosso guaraná Antartica, que Paul conseguiu em uma mercearia brasileira, em Amsterdam, o Finalmente Brasil, e essa maravilha aqui



comprada em um açougue holandês, perto da mercearia. Nem preciso dizer que o casal adorou nossa picanha, né? E a tiração de onda foi fazer o amigo de Paul, Rico, pronunciar o "nha" corretamente, uma vez que esse dígrafo não existe em língua holandesa. Pequena vingança para quem tem de treinar bastante para pronunciar nomes de lugares como 's-Hertogenbosch (cidade, mais conhecida como Den Bosch) e Scheveningen (praia).



5 comentários:

Rydi disse...

Nossa fiquei babando nessa picanha :)

Kenia disse...

Eu tava de desejo. ;)

Álvaro Lucard disse...

Só dispenso a gordurinha. A carne venha, qualquer dia, seja "santo" ou não, só não como peixe nesse dia. hauhauhauahuahuahauhauhau

Anônimo disse...

Aqui mantive a tradição e nada de carne, mas confesso que essa picanha está de babar.

Bjos e []s

Ivette Góis

Luciana Vannucchi de Farias disse...

Rindo demais do detalhe do churrasco na sexta-feira santa, hahaha!

Nós aqui costumamos comer peixe, mas nem tem muito significado o "sacrifício", já que gostamos demais de peixe, mesmo.